Imóvel novo, usado ou na planta?

Imóvel na planta
Em comparação com o imóvel usado, o imóvel na planta pode valer mais de 50%. Localização, tipo de planta e valorização do mercado interferem no preço de venda. O principal ponto na consideração de compra de imóvel na planta é a valorização do mesmo. Outro grande benefício desse tipo de aquisição é a possibilidade do comprador efetuar o pagamento da entrada de 20% do valor total ao longo da construção. Diferentemente do imóvel pronto, em que o valor da entrada deve ser dado à vista.

Imóvel novo
Embora menores que os imóveis usados, os novos costumam custar mais caro. Como qualquer outro artigo à venda, o usado sai mais barato, mas nesse caso as características dos novos imóveis pesam na composição do preço. Os apartamentos contam com amplas áreas de lazer, com quadras de esportes, piscina, churrasqueira, lavanderias, academia, área reservada para cães, playground, brinquedoteca, salão de festas gourmet, entre outros itens. A segurança também encarece o valor do imóvel, já que os detalhes aparecem já no projeto. 

Imóvel usado
Os imóveis usados costumam agradar à primeira vista, graças aos cômodos amplos e bem arejados. O problema é que prédios antigos têm, em média, 30 anos. Isso pode acarretar uma série de problemas e, para evitá-los, é aconselhável que o comprador contrate uma vistoria técnica a fim de checar encanamento, instalações elétricas e outros itens. Um ponto importante na hora da decisão por esse tipo de imóvel, é a segurança. É preciso que os sistemas de segurança sejam adaptados à realidade dos dias de hoje.
Veja Também