Terceira idade ganha espaço no mercado imobiliário

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou que a expectativa de vida do brasileiro passou de 74,1 anos, em 2011, para 74,6 anos, em 2014. A terceira idade ganhou mais espaço e foco por determinados segmentos. O setor imobiliário identificou que mais pessoas com idade acima de 60 anos começaram a comprar imóvel. Obviamente, que para atender a esse perfil, as construtoras precisaram incorporar as solicitações relacionadas às medidas de segurança nos seus empreendimentos: locais mais iluminados, rampas, espaços amplos, menos riscos de acidentes, etc.

Os bancos também passaram a enxergar a terceira idade como um nicho de mercado atrativo, principalmente depois que mudaram as regras para o seguro imobiliário. Alteraram o limite de idade para quem deseja financiar imóveis, de acordo com a resolução CNSP nº 205, em 2010, da Superintendência de Seguros Privados (Susep), que determinava que “as empresas não podem recusar cobertura de seguro a clientes, cuja a idade, somada ao prazo de financiamento, seja de até 80 anos e seis meses”. Anteriormente a maioria dos agentes financeiros, mantinha 75 anos como idade limite.

Essa era a idade adotada por boa parte das seguradoras, à revelia, pois não havia regras até então. Com a resolução, isso se uniformizou, passando a ser ofertado ao mercado o mínimo de 80 anos e seis meses, para financiamento imobiliário. Entre as explicações sobre essa alteração, estão justamente o aumento de expectativa de vida, conforme detectado pelo IBGE, e a própria política de estímulo ao crédito habitacional. Porém, ainda se manteve a lógica do mercado sobre o cálculo das taxas do seguro: quanto maior idade do comprador mais altas são as taxas.

A idade do solicitante à linha de créditos precisa ser somada ao prazo de liquidação da dívida sem ultrapassar os 80 anos e seis meses. Portanto, o comprador com 65 anos e pode pagar o saldo devedor em até 15 anos. Quem, aos 60 anos, só poderia financiar o imóvel por 15 anos, passou a ganhar mais uns anos, podendo agora chegar a 20 anos no total. Melhorou ainda mais para os mutuários com 50 anos, beneficiados com até 30 anos de prazo para pagar sua dívida com o banco.

No Brasil, cada vez mais, pessoas da terceira idade têm vivido mais, promulgado a aposentadoria, mantendo-se economicamente ativas. E até exigido novas posturas  das construtoras, corretores de imóveis e administradores de condomínios.

A Melhortaxa alerta, entretanto, que em menos tempo, as parcelas tendem a ser maiores. Isso precisa ser bem avaliado. Caso queira esclarecer dúvidas, a Melhortaxa é um serviço gratuito, que conta com uma equipe especializada para pesquisar e analisar propostas que as pessoas buscam no mercado, conforme as suas necessidades. Com a ajuda da equipe, você terá algumas opções de crédito para selecionar de acordo com o seu perfil. E ainda contar com a assessoria técnica da Melhortaxa em todo o processo de contratação da linha de crédito até a assinatura do contrato.

 

 

 

Veja Também