É a vez dos estoques, em 2014

Este é um ano bem atípico para o brasileiro: acontece a  Copa do Mundo em junho e as Eleições em outubro. Os segmentos da economia estão se ajustando num calendário mais curto para a realização de negócios e comercialização de produtos. Cogita-se até mesmo uma mudança no dia dos namorados, para não ser ofuscado com a abertura do Mundial, em 12 de junho. Mas 2014, também, está sendo aguardado por algumas incorporadoras do país para desovar os seus estoques, ou seja, vender os imóveis que foram lançados e não foram comercializados. Segundo a Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônio (Embraesp), há mais 18 mil de unidades nessas condições só na cidade de São Paulo.

Apesar de ser um ano considerado curto para vendas, muitos desses imóveis estão sendo ofertados em feirões e estandes, montados exclusivamente para esse fim. O mercado permanece estável e favorável à pesquisa e negociação. Aliás, antes de sair à busca, pense bem e defina as suas condições de moradia, como tamanho, localização, estrutura oferecida pelo bairro (transporte, segurança, serviços, comércio, escola favoráveis às suas necessidades) e valor a ser investido na casa própria.

A média do metro quadrado das unidades em estoques varia conforme o número de dormitórios. O valor de um quarto está R$ 11.124; de dois, R$ 7.207; de três, 7.936; de 4 ou mais, R$ 10.617.

Tudo depende da sua necessidade e pressa. O metro quadrado de um imóvel usado sai mais em conta que de um novo e pode ser mais amplo. Porém, se você não gosta de barulho, as construções recentes atendem mais a esse quesito. O valor do condomínio também varia bem entre essas modalidades. Em geral, os imóveis mais antigos têm menos apartamentos, o que conta para a taxa de condomínio ser mais cara.

Quem pode esperar pelos lançamentos, eles continuam apesar de terem sofrido uma redução de 45,3%. Em São Paulo, um número maior de imóveis na planta poderão ser encontrados nos bairro: Barra Funda, Pinheiros, Itaim Bibi, Lapa, São Mateus, Santo Amaro, Itaim Paulista, Saúde, Campo Belo e Cursino. Dentre esses, o metro quadrado mais alto é do Itaim Bibi, custando mais de R$ 15 mil.

Uma dica da equipe da Melhortaxa, que presta um serviço de assessoria gratuita para quem deseja fazer um financiamento, é pesquisar sempre antes de fechar o negócio. Você pode cadastrar as suas pretensões, que a equipe busca propostas de crédito nos bancos, faz uma análise de todos os fatores envolvidos, além da taxa de juros, para facilitar a sua decisão. É uma consultoria que acompanha todo o processo do seu financiamento até a assinatura do contrato. Dê crédito ao seu sonho.

 

Veja Também