Desacelera aumento do preço do m2, em maio

Se você está procurando um imóvel para comprar, fique atento aos preços. O mercado está equilibrado, mas em alguns lugares do país o valor do metro quadrado pode oscilar. O aumento anual do preço médio do metro quadrado anunciado no Brasil desacelerou novamente em maio, pelo sexto mês consecutivo.

Em maio, o índice do FipeZap ampliado, que acompanha o desempenho de 16 cidades, registrou um aumento de 11% em comparação ao mesmo mês do ano passado. No ano, a alta foi de 2,98%.

Conforme o IPCA esperado no mês passado (0,45%, segundo o boletim Focus do Banco Central), a variação do preço médio das 16 cidades monitoradas é menor do que a inflação de 2014 (3.32%), caracterizando queda real de preços.

No ano, Fortaleza e Rio de Janeiro são as cidades com a maior alta dos preços, 5,20% e 4,74%, respectivamente. As quedas mais relevantes ficaram por conta de Porto Alegre, 1,33%, e Brasília, 0,42%.  Em São Paulo, a alta, até o momento, é de 3,59%, com variação positiva em maio de 0,71%.

Os valores médios do metro quadrado, em maio, ficaram entre R$ 10.609 (Rio de Janeiro) e R$ 3.942 (Vila Velha). Em São Paulo, o valor foi de R$ 8.060 e na média das 16 cidades, de R$ 7.494.

Confira, como ficou o preço do metro quadrado em 16 cidades do país, em maio.

Rio de Janeiro, R$ 10.609

Brasília, R$ 8.136

São Paulo, R$ 8.060

Niteroi, R$ 7.373

Recife, R$ 5.769

Belo Horizonte, R$ 5.446

São Caetano do Sul, R$ 5.410

Fortaleza, R$ 5.380

Florianópolis, R$ 5.221

Curitiba, R$ 5.049

Porto Alegre, R$ 4.765

Santo André, R$ 4.675

Vitória, R$ 4.687

São Bernardo do Campo, R$ 4.429

Salvador, R$ 4.375

Vila Velha, R$ 3.942

 

Veja Também