Como funciona um consórcio

O Consórcio é um tipo de financiamento disponível para pessoas físicas ou jurídicas comprarem um imóvel pronto, em construção, novo ou usado. Você paga uma mensalidade, escolhe a localização e o tipo de empreendimento. Não são cobrados juros, mas a taxa de administração fica entre 20% e 30% a mais do valor da carta de crédito. Esse percentual não pode ultrapassar 30% da renda familiar.

Como investir no consórcio para comprar imóvel?
É um investimento a longo prazo sem data fixa para você adquirir o imóvel. O prazo do Consórcio pode chegar a até 15 anos. Tudo depende do que acontece todo mês nas assembleias, onde ocorre o sorteio ou o lance para obter o imóvel ou outras cartas. O valor da carta de crédito chega a até R$ 700 mil. Dois ou três participantes são contemplados a cada mês. No Consórcio, você escolhe se deseja esperar o sorteio ou dar um lance de aproximadamente  30% do valor da carta e mais os custos da própria carta, por volta de 20% do total.
 

Como é usado o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) no Consórcio?
Com o FGTS, você dá o lance para obter a carta de crédito ou complementar o valor da carta de crédito e então conseguir o imóvel residencial, pronto ou em construção. O FGTS também pode ser utilizado para amortizar a dívida, com parcelas para quitar.

Adquira o Consórcio numa administradora de sua confiança e que você já tenha pesquisado a sua idoneidade. Para atuar, ela precisa ter registro e autorização do Sistema de Consórcios do Banco Central do Brasil. Confira também se há alguma reclamação contra a administradora na internet e nos órgãos de defesa do consumidor. 

 



Quer receber propostas de financiamento imobiliário?
Veja Também